Sexta-feira, 15 de Junho de 2007

OS DEZ MANDAMENTOS PARA OS PAIS

 

 

1º. Diga o que a criança deve fazer, em vez de dizer "não faça isso".

Educar é corrigir. Corrigir é substituir uma forma de reacção inconveniente por uma adequada. Dizer apenas "não faça isso" é dar uma ordem negativa. A criança tem prazer na acção. Para desviá-la da acção inconveniente é preciso sugerir-lhe a acção conveniente, a fim de não privá-la do prazer de agir.

2º. Não diga que uma coisa é má apenas porque lhe aborrece.

A qualificação de uma coisa em boa ou má é importante para a criança na formação das capacidades de julgamento. Não deve ser feita com fundamento apenas na tendência afectiva momentânea de quem faz. Se é má, cumpre dar a razão de modo compreensível para a criança, e esta razão deve estar na coisa em si e não no agrado que nos causa.

3º. Não fale da criança em sua presença, nem pense que ela não escuta, não observa, nem compreende.

A criança se sente objectivo da atenção dos adultos, quer quando a elogiam, quer quando a censuram, desenvolve uma excessiva estima de si mesma, que a levará a procurar essa atenção de qualquer maneira, e a sofrer quando não a consegue.

4º. Não interrompa o que uma criança está fazendo, sem avisá-la previamente.

A criança tem prazer na acção. Interrompe-la subitamente é causar-lhe violenta emoção de natureza inibidora. Se é necessário interrompê-la proceda de modo que se evite a emoção de surpresa.

5º. Não manifeste inquietação quando a criança cai, ou não quer comer, etc. Faça o que for necessário sem se agitar e alarmar-se.

A inquietação alarmada em torno de qualquer episódio da via de uma criança serve, apenas, para ampliar o tom emocional do acontecimento. Cumpre, ao contrário, considerar as coisas com naturalidade, para que nela se desenvolva a capacidade de dominar suas próprias emoções.

6º. Ocupe-se dos interesses e necessidades da criança, em vez de somente demonstrar amor acariciando-a constantemente.

O carinho físico é agradável para quem o dá e recebe, mas pode não corresponder aos interesses e necessidades reais da criança: Deus, amor, aceitação, significado, apreciação, segurança, pertencer, ensino, elogios, disciplina, etc.

7º. Vá passear com a criança, em vez de levá-la para passear.

A criança, por suas deficiências naturais, é uma dependente. Quanto mais cedo se anular em seu espírito tal sentimento de dependência tanto mais rapidamente se completará o sentimento de que se basta a si mesma. "Levá-la para passear" é colocá-la na dependência da iniciativa alheia. "Ir com ela passear" é associá-la à iniciativa e à acção, o que lhe dará mais prazer.

8º. Não faça sermões morais à criança pequena.

As expressões de conteúdo moral são incompreensíveis para a criança pequena, porque são abstractas. Os "discursos" e "sermões" que as contenham valem somente como expressão inteligível de uma estado de espírito que ela não compreende e que a alarma.

9º. Cumpra sempre as suas promessas.

Para a criança, prometer é começar a realizar. Se a promessa não se cumprir, haverá uma frustração como se a criança houvesse sido privada de alguma coisa, o que se dá em seu espírito origem à descrença.

10º. Diga sempre a verdade para a criança.

A mentira até pode ser aceita socialmente, mas para a criança é uma desilusão e destrói a autoridade como fonte de conhecimentos e fonte da verdade.

publicado por saozinhasimoes às 23:10
link do post | comentar | ver comentários (1) | favorito
Domingo, 10 de Junho de 2007

PORQUE VIVER PREOCUPADOS?

Conta-se que um doente de um hospital psiquiátrico permanecia com o ouvido encostado na parede. A enfermeira, um dia, perguntou-lhe:

"O que está fazendo aí?"

"Silêncio!" cochichou o doente, acenando para que a enfermeira também encostasse o ouvido na parede.

A enfermeira concordou e permaneceu ali durante uns minutos, prestando atenção:

"Não estou ouvindo nada!" ela disse.

"Eu também não" replicou o doente com a testa franzida. "É assim o dia inteiro!"

As pessoas que se preocupam com cada detalhe da sua vida são como este paciente. Umas se preocupam com o que poderia ter sido dito, outras com o que foi dito. Algumas se preocupam com o que poderia acontecer. Outras com o que não aconteceu, mas deveria ter acontecido. Há ainda as que se preocupam com o futuro. "Com quem será que me vou casar? Até que idade vou viver? Será que um dia o meu marido me trairá? Não vou aguentar perder um filho!". Outras se afligem com o que fizeram no passado e com as consequências disto.

Deus não nos criou para termos uma vida que é um fardo, Ele quer que tenhamos vida abundante (veja na Bíblia, em João 10, 10), tanto na mente, como no corpo e no espírito. Assim como uma flor, fomos criados para florescer, e não para murchar na videira (Mateus 6, 25-34). Deixe que Jesus tome conta das suas preocupações hoje e aproveite as coisas novas da vida!

"A preocupação é como a cadeira de balanço:

 mantém – nos ocupados, porém, não nos leva a lugar algum."

publicado por saozinhasimoes às 18:13
link do post | comentar | favorito
Domingo, 3 de Junho de 2007

ALEGRIA!

 

Abandonemos o hábito de dizer que tudo vai "mais ou menos"

É curioso verificar nos nossos dias, como é frequente falar da alegria como
algo ausente ou até mesmo raro. Comprovamos isso quando temos a oportunidade
de conversar com as pessoas; grande maioria delas nos dá a impressão de
estarem afogadas nos problemas, dificuldades ou seria simplesmente o hábito
de dizer que as coisas estão indo no "mais ou menos"?

Isso parece como que a alegria fosse impossível ou irreal; considerando que é
muito agradável estar próximos daqueles que "espelham" a alegria e que
ninguém em sã consciência gosta da solidão, esforçamo-nos então a lutarmos
ferozmente em não permitir os maus momentos e as tristezas, - que todos nós
estamos sujeitos, roubem o brilho de nossa alegria.

"Não entregues a tua alma à tristeza, não atormentes a ti mesmo com os teus
pensamentos. A alegria do coração é a vida do homem e um tesouro inesgotável
de santidade. A alegria do homem torna mais longa a sua vida"

publicado por saozinhasimoes às 22:38
link do post | comentar | ver comentários (3) | favorito
Sexta-feira, 1 de Junho de 2007

FELIZ DIA DA CRIANÇA

publicado por saozinhasimoes às 22:44
link do post | comentar | favorito

.ORAÇÃO DA FAMÍLIA

.TRADUÇÃO


contador gratis

.posts recentes

. UNIDADE PERFEITA

. FELIZ ANO NOVO

. FELIZ NATAL

. PROVÉRBIOS

. SUGESTÕES DA MAMÃE

. ARTE DE ESCUTAR

. NETOS

. VOCABULÁRIO PARA NETOS

. LENDA CHINESA

. FELIZ PÁSCOA

.arquivos

. Fevereiro 2012

. Dezembro 2011

. Outubro 2011

. Setembro 2011

. Agosto 2011

. Julho 2011

. Junho 2011

. Abril 2011

. Fevereiro 2011

. Janeiro 2011

. Dezembro 2010

. Novembro 2010

. Agosto 2010

. Julho 2010

. Junho 2010

. Abril 2010

. Março 2010

. Fevereiro 2010

. Janeiro 2010

. Dezembro 2009

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Agosto 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

. Setembro 2008

. Agosto 2008

. Julho 2008

. Junho 2008

. Maio 2008

. Abril 2008

. Março 2008

. Fevereiro 2008

. Janeiro 2008

. Dezembro 2007

. Novembro 2007

. Outubro 2007

. Setembro 2007

. Agosto 2007

. Julho 2007

. Junho 2007

. Maio 2007

. Abril 2007

. Março 2007

. Fevereiro 2007

. Janeiro 2007

. Dezembro 2006

. Novembro 2006

. Outubro 2006

. Setembro 2006

. Agosto 2006

. Julho 2006

. Junho 2006

. Maio 2006

. Abril 2006

. Março 2006

.links

.VIDEO-ÁGUA VIVA

.Fevereiro 2012

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29

Contador Grátis